sábado, 19 de junho de 2010

Saramago

Confesso. Fiquei com uma azia permanente após a Jangada. Não comprei mais nenhum. Mas alguém aqui em casa comprava: o filho, um leitor compulsivo. Pressionada – quero saber a tua opinião … em que página vais? então?  já acabaste? -  lá fui lendo: O Evangelho, O Cerco, O Ensaio, A Viagem e outros. Não li O Levantado.

Era um homem de fibra, dos antigos. Isso reconheço. Paz à sua alma! Que a tinha … embora não o soubesse.

1 comentário:

João Pedro Martins "jota" disse...

grande escritor, grande autor, grandes ideias. vai fazer falta, e é sem dúvida uma das personalidades portuguesas maiores dos últimos anos.

ps: não tinha alma não. não só não existe alma, como o saramago tb não acreditava nela (nem eu). :-)

-o filho

ps: se te consola, não achei muita piada, literariamente, ao "Caim".